A Câmara Municipal de Salgueiro realizou em seu plenário nesta quarta-feira, (18) mais uma sessão ordinária

por adm — publicado 23/09/2019 09h33, última modificação 23/09/2019 09h33
Os parlamentares se reuniram a partir das 9h para as discussões dos temas que estavam na pauta. Acompanhe o resumo das falas dos vereadores, pela ordem. A Tribuna Livre foi usada pela Sra. Joice Frasão, Eugênio Cruz e Gilson Santos.

TRIBUNA LIVRE:

A Sra. Joyce Frasão, representante das mães de crianças com deficiências, ocupou a Tribuna. Iniciou saudando à todos. Relatou sobre a viabilização da participação de 35 mães de crianças acometidas por causas diversas de saúde mental para participarem do I Congresso em Transtornos de Aprendizagem e do Neurodesenvolvimento do Sertão Central, que acontecerá nos dias 12 e 13 de outubro, no Plaza Hotel. Finaliza agradecendo à todos e ficando à disposição para demais informações.

O Sr. Eugênio Cruz coordenador do Expresso cidadão de Salgueiro, ocupou a Tribuna. Iniciou saudando a todos como de costume. Relatou sobre o Expresso Cidadão, órgão criado pelo Governo do Estado, utilizando a conveniência para resolver tudo num mesmo lugar, funcionando os órgãos como CAA, Detran, CPF a Receita Federal, entre outros, funcionando de 2º a 6º feira, das 8h às 19:30. Esclareceu as atribuições do órgão e seu objetivo, como o cadastramento de vagas de empregos. Relatou todos os tipos de serviços que lá atendem e esclareceu as dúvidas da população. Finaliza agradecendo à todos. (Aparte dos vereadores Antônio Pires, George Arraes, Eliane Alves, Bruno Marreca, Hercílio de Carvalho, Pedro Pereira, Ednaldo Barros, Flávio Barros, Erivaldo Pereira).

O Sr. Gilson Santos, representante da Comunidade de Curral Velho, ocupou a Tribuna. Iniciou saudando à todos e relatou sobre os festejos da Comunidade que vai do dia 6 a 16 de outubro, convidando todos os vereadores e toda a população, em homenagem a Santa Edwirges, que representa força e empatia, e seus maiores pilares é a educação e a fé. Relatou sobre a trajetória de uma vida com fé, com força e determinação nem o céu é o limite. Finalizou agradecendo à todos.

À Tribuna, o vereador Veronaldo Gonçalves saudou a todos como de costume. Iniciou relatando sobre os requerimentos solicitados e que depois de tanta luta conseguiu levar um médico para o Posto de Saúde de Umãs, dando boas vindas ao Dr. Luan e requerendo ao Prefeito que dê condições de trabalho ao médico e servidores da UBS. Relatou sobre os votos de aplausos à Comunidade de Umãs com o desfile de 7 de setembro, parabenizando aos pais, alunos e gestores, em especial a Primeira Banda Filarmônica de Umãs e seu diretor Valmir Gonçalves. Relatou ainda sobre os discursos pobres de alguns vereadores, que não enganam mais a população. Relatou ainda sobre o preconceito e discriminação aos LGBTs, classe da qual faz parte com muito orgulho e ocupa essa tribuna com muita verdade, respeito e dignidade. (Aparte dos vereadores Hercílio de Carvalho). Finalizou agradecendo á todos.

À Tribuna, o Vereador Augusto Matias, saudou a todos como de costume, em especial o Sr. Joaquim. Iniciou relatando sobre a seleção do Expresso Cidadão, que houve fraude, “arrumadinho” para os ocupantes das vagas, mas, reconhece que o órgão é de grande importância para Salgueiro. Parabenizou o prefeito pelas ações realizadas, pela inauguração do calçamento das ruas da cidade. (Aparte do vereadore Antônio Pires). Relatou ainda sobre um projeto de lei de prorrogação do prazo dos mototaxistas, o qual se manifesta contra, porém apoia a classe, requisitando ainda audiência pública com o Ministério Público. Finalizou agradecendo á todos. (Aparte do vereador Bruno Marreca).

À Tribuna, o vereador Auremar Carvalho, saudou a todos como de costume. Iniciou parabenizando a Fabinho pelo seu aniversário. Relatou sobre o Expresso Cidadão, parabenizando Eugênio Cruz pela luta e essa vitória. Parabenizou a inauguração do calçamento da Vila Garrancho. Agradeceu ainda a Secretaria de Esporte e ao prefeito Clebel, pela realização da roda de sanfona no Cruzeiro do Sul. Relatou sobre o projeto da Casa do Sanfoneiro, para a doação do terreno para esta associação, o qual se manifesta a favor. Relatou ainda sobre a Lei dos Mototaxistas, onde todos os vereadores se reuniram no Ministério Público, se manifestando a favor da classe, porém contra o projeto impetrado para prorrogação do prazo. Finalizou agradecendo à todos.

À Tribuna, a vereadora Eliane Alves, saudou à todos como de costume, em especial as pessoas idosas e com deficiências, aos trabalhadores da nossa cidade. Iniciou prestando solidariedade a família do Sr. Antônio, por sua perda. Relatou sobre a perda de Gilson do Doce, a qual sentiu muito por esta tragédia, se solidarizando também à família de Cláudia e Maninha. Relatou ainda sobre a visita ao Curral Velho, onde fora muito bem acolhida. Esclareceu sobre a eleição do conselho tutelar de Salgueiro, que passou a ser judicial para organizar e sanar as irregularidades, já que a Prefeitura não consegue, com sua incapacidade técnica, falta de zelo e gestão. Relatou ainda sobre as reivindicações da população, a falta de médicos nas UBSs do Município, há mais de 30 dias. Relatou ainda sobre tantas outras reivindicações da população, ruas cheias de buracos, falta de arborização e limpeza. Finalizou agradecendo à todos.

À Tribuna, o vereador Ednaldo Barros, saudou a todos como de costume. Iniciou relatando sobre a campanha política das eleições de 2020, requerendo avaliação da população para tal gestão, sem haver nenhum planejamento econômico, de crescimento para a nossa cidade. Relatou sobre os requerimentos para melhoria do acesso às ruas da cidade, em especial às ruas do Bairro do Divino Espírito Santo. Relatou ainda sobre a necessidade de geração de emprego para os cidadãos da cidade. Requereu ainda o incentivo da leitura da Bíblia nas escolas da cidade. Finalizou agradecendo à todos.

À Tribuna, o vereador Bruno Marreca, saudou à todos como de costume, em especial a João Paulo representante dos mototaxista não regulamentados. Iniciou relatando sobre as diversas mudanças que foram feitas por sua autoria, as barragens feitas nas zonas rurais entre tantas outras melhorias. Relatou sobre seu auxílio às pessoas necessitadas e faz menção a um projeto de sua autoria apresentado e rejeitado antes de entrar em pauta pelo parecer jurídico, que não possui poder para retirar de votação, requerendo parecer da Comissão de Justiça e Redação de Leis. Relatou que está sendo muito bem orientado por advogados e que está só tentando ajudar o povo, afirma que não é covarde e que é uma vergonha dizer que um vereador não pode legislar para impetrar projeto de lei. Esclareceu que pode não ganhar nesse projeto mas por falta de luta não será, que não tem medo de ninguém aqui só dos castigos de Deus. Relatou que não acusou ninguém como todos os vereadores vêm acusando o mesmo.

À Tribuna, o vereador José Carlos, saudou á todos como de costume. Iniciou relatando sobre uma apresentação que aconteceu na Academia da Cidade, ao som da “pisadinha” com apresentações de danças por crianças e adolescentes, e que há um posicionamento quanto a isso, que sabe que vive num período diferente de hoje, coma facilidade de uso da internet, da televisão e músicas que vêm para obstruir a educação das crianças e de toda população, relatando história própria e da sua família, e que vai chegar uma época que os pais não terão mais controle com os filhos, se referindo ao mérito a musicalidade erótica, se posicionando contra isso e alegando ser uma consequência da falta da palavra de Deus. Relatou ainda sobre o que representa este vereador é a geração d empregos, o alimento nas escolas, a presença de médicos e medicamentos nos Postos de Saúde. Relatou ainda que o projeto de autoria do vereador Bruno terá seu voto, mas que tem que despertar quanto às questões primárias de prioridade da sociedade salgueirense. Finalizou agradecendo à todos.

À Tribuna, o vereador Antônio Pires, saudou à todos como de costume. Iniciou relatando que amanhã às 16h terá ordem de serviço em duas ruas na nossa cidade. Relatou ainda sobre o projeto da Casa dos sanfoneiros, onde recebeu uma cobrança de 15 mil reais do Ministério Público, que será repassado esse débito ao vereador mais honesto da Casa, que resolve tudo. Relatou ainda sobre as ruas feitas com sorrisal, gerando buracos nas ruas. Relatou também sobre a regularização dos Mototaxistas, relatando dados da quantidade de regulamentados na classe, que não é contra a mesma, mas, que há uma Lei Federal, que regulamentou a Lei Municipal e que o advogado ao qual presta assessoria ao Vereador de autoria do projeto de lei de prorrogação do prazo é de praxe do mesmo. Relatou ainda sobre as questões pessoais colocadas em tribuna, que haja respeito e saiba separar as questões profissionais, deliberando palavras de baixo calão. Relatou que não tem medo de ninguém. (Aparte do vereador George Arraes).

À Tribuna, o vereador Hercílio de Carvalho, saudou á todos como de costume. Iniciou parabenizando o colega Ednaldo Barros pelo projeto de sua autoria para instituição da leitura da Bíblia nas escolas. Parabenizou a classe dos mototaxistas pela união e agradecimento dos mesmo a esta Casa por ter concedido uma categoria a estes, onde a lei fora regulamentada e entrada em vigor desde março para regulamentação, que há uma Lei maior, a federal, e que o papel dos vereadores foi legislar quanto a legalização da mesma. Esclareceu que não é contra a classe de mototaxista e que lei confere diversos benefícios à categoria. Relatou ainda sobre a união dos vereadores para a luta de mudanças no Município, para trazer a cidade geração de empregos, instituições de ensino e saúde, desenvolvimento econômico e social. (Aparte dos vereadores George Arraes, Erivaldo Pereira).

À Tribuna, a vereadora Maria da Paz Patriota, saudou à todos como de costume. Iniciou se solidarizando ao Santuário de Santa Margarida. Relatou sobre a ordem de assinatura do calçamento de ruas do Municipio. Relatou ainda sobre uma emenda do deputado Gonzaga Patriota para ajuda à população da zona rural. Requer ainda pedido de vista ao projeto de lei nº 61/2019 quanto ao concurso público, mesmo sendo a favor, dispõe que há ausências de requisitos. Finalizou agradecendo á Deus e pedindo paz à todos.

À Tribuna, o vereador Pedro Pereira, saudou à todos como de costume. Iniciou relatando das festividades de Umãs de 7 de setembro, que foi muito bonita e organizada, parabenizando os professores e alunos, em especial a toda a comunidade. Relatou sobre o requerimento para melhoramento das estradas que ligam o Município às zonas rurais, que foram atendidos pelo Prefeito, mas que há uns trechos que precisam de melhorias. Relatou ainda sobre os requerimentos impetrados por sua autoria para melhoramento de estradas e no trânsito. Relatou sobre o principal assunto que é a água, a escassez que nossa Município sofre, mencionando a visita dos representantes da presidência da república para ver esta questão. Fez menção aos tristes discursos que hoje presenciou nesta Casa, onde não houve separação das questões pessoais das profissionais. (Aparte dos vereadores Augusto Matias, Bruno Marreca, Auremar Carvalho). Relatou às diversas conquistas que obteve para o povo em seus mandatos, como perfuração de postos, iluminação de ruas, melhorias nas estradas nas zonas rurais, calçamento de ruas do Município, limpeza das ruas, entre tantas outras. Finalizou agradecendo à todos.

À Tribuna, o vereador Erivaldo Pereira, saudou a todos como de costume. Iniciou pedindo desculpas à população Salgueirense por certas coisas que ocorrem nessa Casa, que sabe que o presidente não tem responsabilidade quanto à isso, aos tristes discursos ocorridos, citando e desmerecendo outros vereadores e esclareceu o papel do vereador que é representar a população, parabenizando o Presidente George Arraes por enaltecer esta Casa. (Aparte do vereador George Arraes). Parabenizou o vereador Bruno Marreca por sua iniciativa de ajudar a classe dos mototaxistas e que buscou conhecimento quanto a regulamentação, relatando dados, e se posicionando a favor da categoria mas não ao projeto de prorrogação de autoria do vereador Bruno Marreca. (Aparte do vereador Hercílio de Carvalho). Relatou ainda sobre a entrega dos livros na Queimada Grande, apresentando vídeo de tal evento, que demonstrou grande alegria da comunidade ao receber os livros para a biblioteca. Demonstrou tamanha tristeza pela discursão entre os representantes do povo na Casa, e que devem ter no mínimo dedicação e respeito pela sociedade e pede desculpas, emocionado, como pessoa, como vereador, e que procura ter o equilíbrio de sempre partir pro campo político, e que as conquistas alcançadas são com a ajuda de todos os colegas da Casa. Finalizou pedindo desculpas pelo ocorrido hoje nesta Casa e agradece à todos. (Aparte da vereadora Maria da Paz Patriota).

À Tribuna, o vereador George Arraes, saudou à todos como de costume, em especial João Paulo, representante dos mototaxistas. Iniciou relatando sobre o projeto de lei nº61 que dispõe sobre o concurso público da Câmara Municipal de Salgueiro, abrangendo a toda a sociedade, estudantes, concurseiros, de curso médio e curso superior, citando as 13 vagas que serão abertas, requerendo aos vereadores para a análise do projeto para que na próxima reunião possa aprovar este projeto que tanto beneficiará a população salgueirense. Relatou sobre as grandes benfeitorias que conseguiu trazer para a cidade, solicitando uma emenda de 400 mil reais ao deputado Daniel Coelho, a qual conseguiu e já está na Secretaria Municipal de Saúde, sendo autorizada para ações de atendimento para os pacientes da reunião, relatado em áudio apresentado na Tribuna e agradeceu ao Deputado Daniel Coelho, ao presidente do Altino Ventura, Marcelo e a todos os envolvidos. Relatou também sobre a conquista da emenda de 100 mil reais para a reforma da praça e academia da saúde em Conceição das Crioulas, sendo iniciado o plano de trabalho, parabenizando e agradecendo à todos os envolvidos e à comunidade da zona rural. Fez mênção à participação de uma Reunião a qual fez parte que demonstrou todas as potencialidades de Salgueiro e as conquistas alcançadas. Relatou que estará em outubro com Daniel Coelho, que irá impetrar emendas para ajudar a cidade de Salgueiro, e que irá solicitar emenda de 1 milhão de reais para a CODEVASF para atender as necessidades do Município, em especial quanto se diz respeito à água. Relatou ainda sobre a questão dos mototaxistas, que sempre apoiou a classe quando ainda nenhum era regularizado, fizeram de tudo, discutiram com o ministério público, com o judiciário e o Poder Executivo e aprovaram o projeto dentro dos trâmites legais e que demonstra apoio à classe e que está disponível para ajudar no que for possível, implementando audiência pública como a presença do Ministério Público, representantes do Executivo e do Legislativo, além dos mototaxistas. (Aparte do vereador Bruno Marreca). Reafirma que tomou as decisões baseadas nas leis. Finalizou agradecendo à todos.

O vereador Flávio Barros pede dispensa da Tribuna.

Assessoria de Comunicação